As minhas compras
O seu cesto está vazio.
Adicione produtos ao seu cesto.
Os meus favoritos
Não perca os seus favoritos!
para guardá-los e gerir diferentes listas.
(0 artigos)
A lista de produtos favoritos está vazia.
Adicione produtos aos seus favoritos.
Direito e Cinema Brasileiro
Favorito
Direito e Cinema Brasileiro
Papel
22,00
ComprarComprar
Ebook
5,00
ComprarComprar

Detalhe
Editora:
Lisbon International Press
Data de publicação:
2020-01-29
Páginas:
677
ISBN:
978-989-52-6667-8
Género:
LISBON PRESS
Idioma:
Português/BR
Sinopse

Relacionar Direito e Cinema a partir de uma análise brasileira é uma experiência rica porque permite uma leitura de temas que são do nosso cotidiano e do nosso imaginário. Também porque possibilita leituras de códigos de conviviabilidade e sociabilidade incrustados num modo de ser culturalmente construído em tempo e lugar. Tratar sobre nossa realidade jurídica a partir de filmes nacionais oportuniza uma leitura que faculta uma interligação com o aspecto social e cultural do país, em diversos momentos históricos.

Trata-se de uma obra inicial desse movimento de observar com o filtro do Direito as obras produzidas por nossa indústria cinematográfica. Apesar de 47 obras do nosso cinema terem sido analisadas juridicamente, sobre vários vieses disciplinares, nesta coletânea, em 51 resenhas e artigos,  por 75 pesquisadores de Norte a Sul do país, ainda falta muito trabalho a ser feito, pois o audiovisual produzido aqui e sobre o Brasil, seja a partir de filmes, séries, novelas, por homens e mulheres cineastas, documentaristas, autores de novela, têm uma importância imensa para a compreensão de momentos históricos, problemas sociais e temas jurídicos que podem ser distribuídos de acordo com o recorte temático que se pretenda investigar. 

As obras cinematográficas desta coletânea, integralmente nacionais, podem ser usadas didaticamente e viabilizam a reflexão e a construção de um saber jurídico que valoriza o pensar e o discurso argumentativo, seja oral, como numa aula, cine jurídico ou roda de debate,  ou numa oficina de escrita, quando há a possibilidade de criação de um texto com novos olhares e questionamentos plurais, subjetivos e idiossincráticos, numa interlocução teórica criativa que enseja, inclusive, a publicação em periódicos científicos, fonte de construção do saber que cresce longe dos manuais, compêndios e tratados.

A reflexão estética que o cinema proporciona é múltipla; é um exercício hermenêutico importante que legitima o conceito de “obra aberta” de Umberto Eco. Sendo assim, cada espectador, estudante e profissional do Direito completa uma obra inauguralmente estática, cinematográfica ou legalista, e cria inúmeras possibilidades de apreciação num exercício ininterrupto de produção de conhecimento sobre múltiplas cartografias jurídicas de saber e poder.

Leituras semelhantes
Breves apontamentos sobre a história dos seguros em Portugal e no Mundo
Favorito
Breves apontamentos sobre a história dos seguros em Portugal e no Mundo
Luís Coelho do Nascimento
16,00
Tempo é dinheiro
Favorito
Tempo é dinheiro
Coordenação de Fernanda Martins
14,00
A Moral Tributária do Estado
Favorito
A Moral Tributária do Estado
Lúcio Pimentel
16,00
O livro do conhecimento universal
Favorito
O livro do conhecimento universal
Arlindo M P Valério
25,00
Memória Dinâmica
Favorito
Memória Dinâmica
Martha de Sant'Anna
27,00
Licitações de obras públicas na perspectiva do TCU
Favorito
Licitações de obras públicas na perspectiva do TCU
Nelson Winandy Monnerat, Priscilla Bigotte Donato e Rafael Marinangelo
17,00
Muda
Favorito
Muda
Beatriz Pereira
14,00
HODL! Bitcoin e Criptomoedas
Favorito
HODL! Bitcoin e Criptomoedas
Guilherme Sanchez
16,00
Princípios e fundamentos para o contador de histórias aprendiz
Favorito
Princípios e fundamentos para o contador de histórias aprendiz
Ângela Barcellos Café
14,00
1.º Centenário da Morte de Eugénia Campilho Montalvão A Justa
Favorito
1.º Centenário da Morte de Eugénia Campilho Montalvão A Justa
Paulo Santos; Floripo Salvador; João Silva; Júlio Silva;
13,00
Artigo 1º e seguintes (…e outros que nunca existiram)
Favorito
Artigo 1º e seguintes (…e outros que nunca existiram)
Paulo Saragoça da Matta
15,00
O poder das mães. O que a neurociência tem a dizer.
Favorito
O poder das mães. O que a neurociência tem a dizer.
Silvana Regina de Melo
12,00
Pague de forma seguraPague de forma segura:
Receba em primeira mão
As nossas ofertas e novidades literárias